Jared Leto fala sobre Beyond The Horizon e Esquadrão Suicida com a Deadline

O site Deadline publicou uma breve entrevista com o Jared Leto na qual ele fala sobre a série da Aol. Originals – Beyond The Horizon, especialmente sobre o polêmico episódio em que Jared entrevista o Edward Snowden, e um pouquinho mais sobre Esquadrão Suicida. Segue a tradução completa do texto.

EXCLUSIVO: ‘Eu achei uma verdadeira honra ser convidado a continuar a tradição”, diz Jared Leto diz sobre interpretar o arqui-inimigo há décadas de Batman no próximo filme da Warner Bros – Esquadrão Suicida. Vencedor do Oscar, músico com sua banda – 30 Seconds To Mars, e um documentarista, Leto também tentou dar a mão como um entrevistador com pessoas fortes como Edward Snowden, Jeff Koons e ex-Vice-Presidente americano, Al Gore, através de sua série da AOL – Beyond The Horizon.”

Segue abaixo a entrevista traduzida:

DEADLINE: Por que você decidiu em dirigir e apresentar Beyond The Horizon?

LETO: Eu sempre me interessei em líderes, infractores, artistas e políticos. Então eu pensei que seria uma oportunidade realmente única para me sentar com essas pessoas de forma íntima e aprender um pouco mais sobre eles e como eles vêem o mundo.

DEADLINE: Como conseguiu a entrevista com Edward Snowden?

LETO: Eu tinha viajado para a Rússia e me reuni com Snowden, que foi muito escondido, que exigia comunicação criptografada e coisas similares. E foi fascinante por conta de quem ele é e o que ele fez. E mais ainda, o porquê do que está acontecendo entre os nossos países, a Rússia e os EUA, e para atender Edward Snowden na Rússia foi inesquecível. Após essa reunião, fizemos a entrevista real no dia seguinte.

DEADLINE: Você começou a entrevista perguntando a ele se é um traidor. Sabe a reação divisionista que ele invoca – então o que você achou de Edward Snowden?

LETO: Eu achei que ele fosse alguém que tinha um ponto de vista incrível e muito articulado e eu queria saber mais sobre isso. Então, eu estava feliz que fomos capazes de fazer parte de Beyond The Horizon. Porque, no final do dia, houve um momento lá, independentemente da sua opinião sobre ele ou suas ações, e essa conexão foi fácil porque eramos dois americanos sentados em um quarto de hotel em Moscou.

DEADLINE: Você obtém sua própria abordagem quando…

LETO: Bem, eu não sou um jornalista profissional, então eu acho que quando se fala de alguém como Al Gore ou Edward e todas as outras pessoas que entrevistei fui um pouco mais de desarmado. Acho que as pessoas provavelmente sentiram menos guarda. Fiz perguntas que eu estava interessado em perguntar e aprender e tivemos conversas que eram talvez mais íntima do que eles podem ter dado em outro lugar. Não tinha uma agenda descrita em que as pessoas pudessem falar o que vem em sua mente em um jogo bipartidário. Meu único objetivo era realmente partilhar a sua perspectiva e investigar isso.

DEADLINE: Por que você decidiu fazer Beyond The Horizon com a AOL e não em uma emissora, que tenho certeza que seria uma ideia aberta.

LETO: AOL foi a melhor escolha por causa do alcance e seu comprometimento no foco do contexto. Eles dão à artistas como eu a habilidade na capacidade de executar uma visão e ter propriedade sobre ela. Isso que eu gostei sobre essa situação e a liberdade que tive com eles. Porque Beyond The Horizon nunca foi feito para ser convencional ou para a transmissão televisiva, sempre foi uma série que foi construído para esta geração. Algo que você pode assistir em qualquer lugar de um dispositivo móvel. Então eu acho que cerca de 10 a 15 minutos foi o ponto doce para nós. Parece ser tempo o suficiente para algo que é um pouco mais envolvido do que uma pequena parte de conteúdo que você pode encontrar no YouTube ou em outro lugar que é menos envolvente.

DEADLINE: Quando é que vamos ver mais disso?

LETO: Estamos preparando uma segunda temporada agora. Nós temos uma lista incrível de pessoas a serem entrevistadas. Farei novamente, porque foi muito gratificante e de certa maneira foi um desafio. Também foi muito divertido e emocionante conhecer e conversar com esse pessoal. Eu gostaria de ser capaz de preservar esse momento no tempo, a sua perspectiva, e partilhar alguns dos seus pensamentos com pessoas de todo o mundo.

DEADLINE: Então, vamos falar de outra coisa que um monte de gente previu ser divertido e emocionante – Esquadrão Suicida. Nós vimos footages e trailers, mas o que está por vir?

LETO: Você pode antecipar muito caos e inferno, e muita diversão. E, penso eu, algo completamente diferente de outros filmes do gênero.

DEADLINE: Com as expectativas e seu compromisso com o personagem em alta, como foi interpretar o Coringa?

LETO: Ah… foi o papel da vida. Realmente, foi uma honra incrível ser convidado para interpretá-lo. Olha, houveram tantas performances incríveis do Coringa ao longo dos anos. Há artistas maravilhosos que atraíram esse personagem e os escritores que criaram e escreveram o Coringa por 75 anos através da televisão, do cinema e projetos de animação. Eu achei que foi uma verdadeira honra ser convidado para continuar a tradição. Eu sou tão grato que tive essa chance, essa é a minha resposta e meus pensamentos honestos sobre ele.

DEADLINE: Então, uma resposta honesta, vamos ver você fazer com o elenco de Esquadrão Suicida no próimo mês na Comic-Con?

LETO: (risos) Você nunca sabe!

Nossa equipe traduziu todos os episódios da primeira temporada de Beyond The Horizon, assista em nosso canal do YouTube.

Fonte: Deadline

Tradução: jaredletobr.com

ATENÇÃO: A CÓPIA TOTAL E PARCIAL DESTE ARTIGO É TERMINANTEMENTE PROIBIDA.

 

Share
Publicado por Bianca em 25/jun/2016

COMENTÁRIOS

%d blogueiros gostam disto: