Jared Leto recorre com o processo contra o TMZ

A Corte americana que está cuidando do processo que Jared abriu contra o site de fofocas TMZ por terem vazado um vídeo privado no qual ele comenta sobre as músicas da cantora Taylor Swift, anunciou ontem o encerramento do caso, informando que Jared perdeu o processo pois não havia provas de que o vídeo pertencia a ele, portanto a Corte entendeu que o processo não tinha validez.

Hoje mais cedo, Jared recorreu ao caso, postando uma nota oficial explicando o porquê de reabrí-lo. Veja o trecho a seguir traduzido pela nossa equipe:

“Nós decidimos lutar de volta porque é a coisa certa a fazer e vamos continuar lutando pois é a coisa certa a fazer. Usar leis antiquadas para encontrar uma brecha para ferir, envergonhar e caluniar pessoas por notícias não é uma questão legal, é uma questão moral. Foi um erro o TMZ comprar bens roubados e explorar um conteúdo que não lhes pertencia. Nem eu e nem o empregado deste caso temos problemas com o que ocorreu. Ele foi um empregado contratado para trabalhar para nós e o vídeo foi gravado no estúdio na privacidade da minha casa, no qual eu sou o dono. Ignorando o contrato que eu e o cinegrafista amador compreendemos e concordamos que o dono do vídeo era eu, a decisão recompensou o TMZ pela concessão e os encoraja a publicar conteúdos que sabem que são roubados. Nossa produção está recorrendo imediatamente e está confiante que a Corte Ninth Circuit irá reverter a decisão. Espero que um dia possamos evoluir e nos perguntar o quão bem trataremos um ao outro mais do que mal.”

Fonte: The Wrap 

Tradução: Jared Leto Brasil

ATENÇÃO: A CÓPIA TOTAL OU PARCIAL DESSE ARTIGO É TERMINANTEMENTE PROIBIDA. 

Share
Publicado por Bianca em 26/set/2016

COMENTÁRIOS

%d blogueiros gostam disto: