VyRT Sofre Ondas de Ataques Direcionadas ao Jared e sua Equipe

Na última segunda-feira (09 de janeiro), Jared anunciou que entraria em sua plataforma online para anunciar algumas novidades e interagir com seus fãs, o VyRT.

O VyRT foi fundado em 2011 pelo próprio Jared Leto e é uma plataforma de live stream de conteúdos de novas bandas e, principalmente, do Thirty Seconds To Mars. Desde o início, Jared fez do VyRT o lugar o qual foram exibidos inúmeras novidades do Mars a partir da Era This Is War, disponibilizando ainda alguns conteúdos feitos antes desse período para interatividade com o Echelon*. Artistas como Gerard Way do My Chemical Romance, a banda Linkin Park, os artistas novatos Boy Epic e a banda Greek Fire e a mais nova sensação da atualidade e uma das melhores amigas do Tomo Milicevic (percussionista e guitarrista do Mars), Ivy Levan, já passaram pela plataforma contribuindo também com a divulgação de seus trabalhos. Não somente cantores e bandas, o VyRT também proporciona ao seu público outros conteúdos como “Cozinhando com o Tomo” e um pequeno documentário esportivo do Brendan Brizers. Sem contar os outros conteúdos idealizados pelo Jared que estão fora de sua carreira com atuação ou a música. Desde sua fundação, o VyRT vem se aperfeiçoando no quesito interatividade com o Echelon. Além destes conteúdos, o VyRT disponibiliza um live chat o qual o echelon interage ao vivo entre si e, de vez em quando, com os próprios artistas, incluindo o Jared.

Por conta dessa interatividade e conteúdos, o VyRT passou a ser como o antigo fórum que tinha no site oficial do Thirty Seconds To Mars, o cantinho do Echelon, com direito ao famoso mural e também atendimento caso você tenha dúvida sobre algo relacionado ao site e os serviços que ele oferece.

Agora que a coisa fica cabeluda: Desde seus 5 anos de fundação, nunca vimos acontecer algo igual ao que aconteceu na última segunda-feira (09 de janeiro) no live chat do VyRT. Algo extremamente desrespeitoso com o site, a equipe do site, ao Jared e ao seu trabalho. A plataforma sofreu uma onda de ataques com mensagens explicitamente desrespeitosa direcionada ao Jared e sua equipe. Ataques que não poderíamos citar neste artigo por conta das mensagens com palavras de extremo baixo calão envolvendo sexualidade e até mesmo coisas criminalmente repudiada pela maioria na sociedade, neste mesmo século XXI. Apologia à nudez e estupro eram claramente vistos no chat, o qual Jared e sua equipe logo trabalharam para banir essas pessoas que desrespeitaram de forma inescrupulosa o espaço dele como pessoa e artista e de seus fãs. Há 5 anos, nunca vimos absolutamente NADA parecido com isso antes no VyRT. A troco de que?

A repercussão entre o Echelon e admiradores foi tão grande que levou uma fã a escrever um artigo no site moviepilot.com. O MoviePilot é um site de entretenimento de grande aclamação pelo público apreciador de cinema e relacionados.

O artigo foi escrito pela Jenika Enoch com o seguinte título: “Celebridades masculinas também lidam com assédio sexual, então por que é aceitável objetificar os homens agora?”. O artigo é muito interessante pois usou não somente o caso do Jared sofrendo ataques em seu próprio site, e sim outras celebridades que sofrem com esse tipo de assédio por parte de algumas pessoas (que com certeza não deve ser considerados como fãs). Nossa equipe traduziu um trecho do artigo que é muito importante que façam a leitura.

“(…) Mas o que começou com um evento de bate-papo normal ontem no VyRT rapidamente se tornou algo mais.

Enquanto Leto estava interagindo com os fãs sobre ideias futuras para o seu site que iam de quais eventos que queríamos ver por lá, o que nos entusiasmou em 2017, e tudo mais, o bate-papo explodiu com uma enorme quantidade de comentários sexualmente explícitos em relação ao Leto. Os comentários também não se limitaram ao seu corpo. Os usuários incluíam fantasias de estupro, pedidos de fotos de nudez, mendigando sexo e uma exibição sem fim de desrespeito a ele como ser humano!

Enquanto a maioria dos usuários estava conversando normalmente (e respeitosamente), as coisas ficaram tão agitadas que Leto e seu administrador do site tiveram que pausar o bate-papo para banir os usuários do serviço e o bate-papo foi encerrado logo em seguida. 

Não é legal objetificar as mulheres mas enquanto aos homens?” 

Jenika escreveu coisas extremamente importantes neste artigo ainda acrescentando:

“Voltando à minha experiência com o VyRT, se o que aconteceu com Jared Leto tivesse acontecido com uma celebridade feminina, teria havido uma mobilização social por toda a internet sobre como as pessoas extremamente sexistas podem ser horríveis. Quer se trate de uma foto de maiô ou uma cena de nudez em um filme, parece que todo mundo está sempre pronto para reclamar sobre como as mulheres são tratadas ou usadas. Mas e os homens?”

Este artigo concluísse por si só. A Jenika com certeza abriu uma porta em minha mente, provavelmente abrirá na sua também, sobre o que nós como sociedade estamos fazendo com o próximo. Realmente não é aceitável a mídia objetificar a mulher mas o mesmo deve ser pensado em relação aos homens. Lembrem-se sempre que o movimento feminista não é para colocar a mulher contra ou superior ao homem, muito pelo contrário, é para emponderarmos o fato de que mulheres podem ter o mesmo direito que os homens. No caso de ontem, foi a comoção com o Jared e o repúdio do Echelon com esses seres humanos nojentos e desprezíveis plantaram contra ele, ferindo sua integridade. Mas não houve mobilização, assim como haveria para uma celebridade feminina por exemplo. As mulheres têm o direito de serem defendidas com unhas e dentes com certeza, mas isso não deve diminuir o mesmo direito para os homens.

Finalizando esse artigo, vos deixo com uma pequena frase que uma de nossas administradoras ouviu o Jared dizer em um M&G com o Mars: “Você não pode cobrar algo da sociedade que você não se esforça para fazer.” 

Respeite o próximo, independente de gênero, raça, etnia. Respeite o espaço do próximo, seja na internet ou offline. Respeito faz parte da educação que vem de casa, então pergunto-lhes: Vocês tratam sua família e amigos dessa forma? 

Equipe Jared Leto Brasil

Leia mais sobre o artigo da Jenika Enoch.

ATENÇÃO: A CÓPIA TOTAL OU PARCIAL DESTE ARTIGO É TERMINANTEMENTE PROIBIDA.

Share
Publicado por Bianca em 11/jan/2017

COMENTÁRIOS

%d blogueiros gostam disto: